The Joy Luck Club

Um filme pra desopilar o fígado, de tanto chorar: The Joy Luck Club.
Eu chorei no desenrolar de todas as pequenas histórias do filme e no final já não estava nem enxergando a tela da tv, tentando limpar lágrimas e ranhos com a manga e gola do vestido. Foi catártico. Quando o filme terminou, tive que comer um pedação de torta cheia de açúcar, para reequilibrar o sistema, que ficou realmente abalado com tanta emoção.
O filme do diretor Wayne Wang [de Smoke e Anywhere But Here] conta a história de quatro amigas, imigrantes chinesas em San Francisco, e os pequenos dramas de cada uma, envolvendo suas mães e suas filhas.
Algumas das histórias são terrívelmente dramáticas [como a da mãe que afoga o filho bebê na banheira por distração e a outra que abandona as filhas gêmeas na base de uma árvore], e todas são impregnadas com as tradições das famílias chinesas e as rupturas que os imigrantes enfrentam, nas gerações nascidas em outro país. Mas o foco principal do filme está no relacionamento [nem sempre fácil e tranqüilo] entre mãe e filha. Durante um jantar, com todas as mulheres reunidas, assistimos em flashback a história de cada uma delas: a mãe extremamente crítica e a filha insegura; a mãe que não se dá valor e se sacrifica para que a vida da filha seja melhor que a dela; a mãe que tem todas as suas esperanças na filha que se considera uma medíocre; a filha que repete os erros da mãe, num casamento opressivo. No final, uma das filhas volta para a China para reencontrar as irmãs perdidas [as gêmeas abandonadas] e dar a notícia que a mãe havia falecido há alguns meses. As irmãs se abraçam e a mais nova diz que trouxe consigo a esperança da mãe. É pra se acabar de chorar mesmo, não é?

2 thoughts on “The Joy Luck Club

  1. Oi Fezoca!
    Não sei se estou maluca, mas ou eu li esse livro, ou vi o filme ou li muitas críticas! nossa, tô maus… :O)ainda hei de lembrar!
    de qualquer forma, muito bom!
    beijosssss

  2. nega, eu vi esse filme já tem algum tempo, mas tambem chorei pra dedéus!!! (fora tudo, a felicidade de contar que assisti um filme antes de voce ahahahahah) BEIJOS!

Comments are closed.