The Cincinnati Kid

O filme do diretor Norman Jewison é uma história de jogadores de poquêr. Pra quem não gosta ou não entende nada do babado – como eu – o negócio pode ficar uma chatice danada. O elenco de The Cincinnati Kid tem Edward G. Robinson, sempre frio e calculista como o cara mais fodão do jogo [The Man], Ann-Margret fazendo um tipinho lindona e vulgar, Karl Malden como o carteador honesto, Tuesday Weld de caipirona meio burrinha e muito bobona , Joan Blondell sempre um charme , Rip Torn, de vilão rico e até o Cab Calloway como um dos jogadores. Até aí tudo bem. Mas o filme é muito mais. Não só porque tem um final surpreendente, mas porque The Cincinnati Kid é Steve McQueen.
Se você não entende nada ou não gosta de poquêr, isso não importa a mínima. A delícia desse filme é poder ficar quase duas horas olhando para o maravilhoso Steve McQueenThe King of Cool…….

steve mcqueen

5 thoughts on “The Cincinnati Kid

  1. Marcelo, eu ja joguei vinte e um! 🙂 Eu detesto jogos em geral, especialmente os de cartas…. 🙂
    RMax, eu vi esse filme na tv. Nao sei se tem em DVD, mas voce pode checar no IMDB.
    Cath, ja te respondi pvt…. ah, esse Mcqueen…. :-)))))
    Fer

  2. Pode crer. Nunca vi esse filme, mas sei que pelo Steve McQueen vale a pena aturar até uns jogos de – argh – pôquer.

Comments are closed.