San Francisco – London. London – San Francisco. Dez horas trancafiada num avião pra ir, mais dez horas pra voltar. O que fazer durante esse tempo, além de comer e pensar na morte da bezerra? Assistir filmes, claro!
A companhia aérea com a qual eu viajei, a inglesa Virgin Atlantic, além de servir chá durante o vôo, tem uma boa variedade de filmes e telinhas de lcd individuais. Passei as dez horas da minha ida num vôo noturno e as dez da volta num vôo diurno vendo filmes.
Na ida, vi o super paparicado Mean Girls, com roteiro da badaladérrima Tina Fey e com a sensação adolescente do momento Lindsay Lohan. Achei o filme normal, nada de excepcional. E como todo filme de high school, um monte de lição de moral e de vida explicítas no final. Do your homework and learn!
Como as opções da ida incluiam chatices como Kill Bill 2 [que eu já tinha visto no cinema], Man on Fire, Hellboy, entre outras tolices que nem lembro mais, assisti TRÊS vezes o maravilhoso Eternal Sunshine of the Spotless Mind …… chorei, chorei, até o olho arder e o nariz esfolar, enquanto o meu marido dormia tranqüilamente ao meu lado. Somente Ursos conseguem dormir em avião!
Na volta tive mais opções, com 13 Going On 30, com a lindinha Jennifer Garner e o fofo Mark Ruffalo. Consegui me acabar de chorar nesse filme também, mas dessa vez não dei bafão, porque não tinha ninguém por perto…. A trama é meio banal, mas quem já não se pegou pensando na possibilidade de voltar no tempo de fazer tudo diferente?
Também vi outra bolhice adolescente chamada Saved!. As ‘mean girls’ deste filme são as beatinhas de Jesus Cristo, alunas de uma escola católica e lideradas pela chatorona Mandy Moore. O elenco é bem legal, com os moderninhos Jena Malore, Macaulay Culkin, Patrick Fugit e Heather Matarazzo, mas o resultado é aquela mesmice de sempre.
Na minha viagem de volta, também vi The Day After Tomorrow [Oh, Horror!], algumas cenas de Kill Bill 1 [Afê, quem agüenta?], outras cenas de Harry Potter and the Prisoner of Azkaban [bocejão….], outras cenas de The First Wives Club [Diane Keaton antes do Keannu Reaves] e alguns programas de tevê – Friends, Will & Grace e 3 Non-Blondes, um programa inglês ultrajante, com três negras engraçadíssimas fazendo coisas inacreditáveis com uma câmera escondida.

6 thoughts on “Movies in the sky

  1. oiiiiiiiii
    Tdu bom? Meu nome é Renata
    Eu estou a procura de algumas coisas p/ feira cltural da minha escola, cujo o tema é algo que voces gostam muito:CINEMA
    Estava pesquisando algum site ate que achei o de voces! Esta muito bacana!
    Gostaria de saber se voces poderiam me ajudar nesse trabalho!?!?!
    Eu tenho que envolver a quimica no tema do trabalho, no entanto, nao estou achando, queria saber se voces sabem ou pederiam me ajudar…talvez a encontrar a composição quimica dos aparelhos usados no cinema..entende?
    Eu queria um pouco da formula quimica da projeção das telas ou algo do tipo
    se voces poudessem me ajudar seria eternamente grata…
    Meu e -mail esta acima espero que me mandem alguma resposta
    Obrigado
    E boa sorte a voces
    =)

  2. Viva
    Faço das palavras do Daniel as minhas. Estou a escrever-vos para vos pedir ou convidar para publicar o vosso blog de cinefilia na minha revista virtual de cinema (Cinefilia). Trata-se de um projecto que, apesar de ter vários anos de vida como mailing list, apenas tem dois meses de presença na net como website.
    Se concordarem, colocarei mensalmente um dos vossos textos na secção Cinefilia.
    A contrapartida é fazerem parte do projecto empreendedor que é a Cinefilia e o direito a receber algumas acções da Cinefilia quando esta se tornar uma empresa e quando estiver cotada na bolsa. Quem sabe! Ainda podem chegar a CEOs!
    Digam qualquer coisa. como podem ver, se visitarem o site, estou em cima do prazo de publicação da nova edição e preciso de saber se posso contar convosco.
    Obrigado
    Miguel
    p.s: mando-vos um mail para ter a certeza que lêem este mail.

  3. Fezoca e Moa, vocês são ÓTIMOS!!! Nunca vi um blog tão bem escrito e ao mesmo tempo tão informal, leve, delicioso de ser ler. E o assunto não poderia ser melhor. Fiquei fascinado, de verdade. Parabéns a vocês!
    Nossa, quantas pessoas no Brasil conhecem a trilogia ‘Heat’, ‘Trash’ e ‘Flesh’? Praticamente ninguém! Mal sabem que é Andy Warhol, Joe Dallesandro nem se fala… Sou fã de ambos, assim como de Bette Davis (feito o Moa), clássicos, ah, enfim, estou eufórico… risos
    Me identifiquei demais com vocês.
    Escrevam. Se tiverem orkut, me adicionem please! Meu nome é Daniel Couri, meu e-mail está acima. Tenho uma comunidade sobre o Joe Dallesandro.
    Abraços!

  4. Heheheh que divertido, filmes e mais filmes all night long, hehehehe
    Eu bem que tava pensando em comprar um daqueles dvd portatil para levar nas minhas viagens pela empresa, quem sabe daqui um tempo…
    Ahhhhh eu quero ver o “Eternal Sunshine…” ainda nao consegui 🙁
    Bom, abraçao

  5. Fer, esse 3 Non-Blondes aqui no Brasil se chama Elas não são Loiras… e eu morro de rir todas as vezes em que assisto! É mesmo muito hilário!

  6. Nossa! Voce conseguiu ver o “Eternal Sunshine…” TRES vezes seguidas?! E ainda chorou nas 3 vezes? Isso eh que eh gostar de cinema!
    Eehehe. Eu acho que sou mesmo um urso. Durmo na maioria das viagens.
    Um beijo!

Comments are closed.