Séries de TV dos velhos tempos

baterobin.jpg

Já que a Fer falou em séries de TV, e no final previsível e “careta” de Sex and the City, eu vou aproveitar para falar da primeira série de televisão que eu acompanhei na minha vida. Naquela época as séries não tinham estórias que se desenrolavam por capítulos e mais capítulos, como novelas, e como a maioria das atuais séries americanas. Naquela época era um grupo de personagens bem definidos, que agiam sempre da mesma maneira e viviam situações diferentes a cada episódio, mas que se resolviam naquele próprio episódio. Então a gente não precisava “acompanhar” as séries para entender as coisas. Bastava ver um episódio. Todo mundo sabia que a Jennie iria fazer alguma maluquice que colocaria o seu amo, Major Anthony Nelson (Larry Hagman em sua fase de bonitão), em alguma enrascada e depois o livraria da encrenca. Todo mundo sabia que a Endora (a magnífica Agner Moorehead) iria colocar um feitiço no James, o marido bobalhão da Samantha e que ela daria um duro danado pra conseguir desfazer o encanto. E todo mundo sabia que apareceria um vilão esquisito e fascinante que tentaria roubar algo preciosíssimo em Gotham City e que o Comissário Gordon iria chamar a dupla Batman & Robin para enfrentar os super vilões que nunca eram páreo para a polícia. A dupla dinâmica cairia em armadilhas e ficaria a beira da morte, mas Batman, inteligente, bom de pontaria, cheio de truques e com um cinto de utilidades que fazia inveja em qualquer um, os salvaria no último momento e ainda conseguiria prender os bandidos.
Algumas coisas da série Batman são realmente inesquecíveis: a câmera ficava inclinada toda vez que a gente via o esconderijo dos bandidos. A gente já sabia que tinha alguma coisa errada lá, porque o chão era torto. Hehehehehehe. A cada semana um super vilão novo aparecia e eles eram o mais legal de tudo o que tinha na série. Mesmo que eu adorasse ver a Mansão Wayne e Bruce Wayne e Dick Grayson descer pelos bat postes e mudarem de roupa instantâneamente, ou da parede secreta no quarto de Barbara Gordon, que girava ao toque de um botão e ela podia se transformar na Batgirl, ainda assim, nada se comparava ao vilão da semana, sempre especialmente convidados. Na época eu não entendia muito de cinema, não sabia quem era quem, que filmes tinham feito, ou que importância eles tinham para a história do cinema, mas hoje dá pra perceber que não foi a toa que eles fizeram tanto sucesso. Alguns dos atores que participaram da série, como vilões especialmente convidados foram: Cesar Romero, Frank Gorshin, Anne Baxter, Vincent Price, George Sanders, Otto Preminger, Tallulah Bankhead, Ertha Kitt, Burgess Meredith, Victor Buono, Roddy McDowall, Michael Rennie, Joan Collins, Ida Lupino e Zsa Zsa Gabor, entre outros.

bats.jpg guests8.jpg
guests1.jpg guests2.jpg
guests7.jpg guests4.jpg

Claro, ninguém superou Julie Newmar como a Mulher Gato. Eu torcia sempre para que fosse ela a convidada da semana. Apesar de Adam West e Burt Ward terem feito um ótimo trabalho como a dupla dinâmica e Yvonne Craig ter dado charme e personalidade à Batgirl, não houve quem conseguisse superar Julie Newmar em carisma, sensualidade e presença, com um timing cômico perfeito e que é hoje a mais lembrada pelos fãs da série.

catwoman.jpg