the man of a thousand faces

Assistindo ao excelente documentário The Kid Stays In The Picture, sobre a carreira do produtor slapped.jpg Robert Evans, vi cenas do filme Man of a Thousand Faces de 1957, sobre a vida do ator Lon Chaney, onde Evans interpreta canastrissimamente o legendário Irving Thalberg. Em The Kid Stays In The Picutre, Evans conta que estava na piscina de um hotel quando uma mulher se aproximou dele. Era a atriz Norma Shearer, viúva de Thalberg, que o convidou para fazer o papel no marido no filme sobre a vida do legendário ator Lon Chaney, que seria vivido por James Cagney. Fiquei muito interessada em ver esse filme, pois já conhecia alguns filmes e o trabalho impressionante do Chaney.
Ontem na tevê vi He Who Gets Slapped de 1924. Uma tragédia onde Lon Chaney é um palhaço apaixonado pela malabarista, filha do dono do circo. Chaney ficou famoso pelos seus papeis dramáticos onde ele era sempre o rejeitado, o deformado, o abandonado ou o que acabava morto, sempre em circunstâncias trágicas.
Logo em seguida assisti ao filme com o Evans e o Cagney, The Man of a Thousand Faces, onde ficamos sabendo que não foi só nas telas do cinema que Lon Chaney viveu cenas dramáticas. Ele era um excelente ator, talentoso e versátil e com uma personalidade interessantíssima, que me faz lembrar um pouco os homens da minha família. Lon Chaney teve uma carreira brilhante e virou um mito, mesmo sem ter nunca vivido o papel do galã ou ficado com a mocinha no final do filme.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *