Três coisas que descobri assistindo televisão nos quartos de hotéis na França:
* balela essa história de que francês não consome cultura americana. a tevê estava cheia de programas importados da América. de filmes, à séries e até aquelas novelas horrorrorildas…. believe me!
* francês também detesta ler legenda. a prova é que eles dublam tuuuudooooo… um horror. vimos um filme americano dublado chamado The Guru com a Marisa Tomei, que não entendi os diálogos, mas nem precisava. vi Sex And The City dublado, que achei estranhissimo, entre outras mil séries americanas [além das novelas], tudo dublado, cherrie, du-bla-do-o-o-ooo!
* é possivel assistir à um filme numa língua que você não domina e pegar a história. tinha me esquecido quanto filme eu vi na tevê e no cinema nos meus primeiros anos no Canadá, sem entender cem por cento da coisa. mas eu estava imersa e não sentia tanto. mas ver filmes numa viagem é diferente. pois entao, na França eu vi três filmes e sem entender patavinas, entendi tudo!
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
pierrot_le_fou.jpg
Pierrot Le Fou
laviepromisepic.jpg
La Vie Promise
lapetitelili.jpg
La Petite Lili

2 thoughts on “filme mudo

  1. Ver filmes sem entender a língua falada e entender o filme todo é entender cinema. Essa é a magia das imagens, Fezoca. Você já tem cinema na veia. Celulóide nas células. Não precisa de legenda ou dublagem. ;^)

  2. Ah, mas essa tal de Fer é chique demais! 😉
    Pierrot le fou eu adoro! Belmondo é o feio mais lindo do cinema, né?
    Esse “La vie promise” é com a isabele huppert? É ela essa loira aí? Menina, queria muito ver esse filme, tenho a sensação de que ela deve estar maravilhosa…
    beijos

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *