Foi ter assistido à cerimônia na companhia do Moa. Isso mesmo, eu e o Moa assistimos tudo juntos. Ele no Rio de Janeiro e eu na Califórnia, com os laptops no colo e comentando todos os micros-detalhes! Foi muito divertido, também porque fiquei fofocando com ele durante as propagandas e não fiquei entediada. Nos adoramos algumas coisas, detestamos outras, combinamos em algumas opiniões, discordamos de outras. Eu gostei que Crash desbancou o favorito Brokeback Mountain e levou o Oscar de melhor filme. Detestamos juntos o visual da Charlize Theron e adoramos juntos a linda Uma Thurman. Rimos muito com o Jon Stewart – bom, eu adoro ele e achei que ele foi um MC bem divertido. Gostei que ele fez uns segmentos meio réplicas das coisas que ele faz no programa dele, como as propagandas políticas. O Moa detestou o grupo de rap ter ganhado melhor música, e eu já gostei, porque gosto de tudo que afronta o convencional e puxa o tapete do tradicional. Rimos da coitada que ganhou em melhor roteiro adaptado por Brokeback Mountain e teve que agradecer toda dobrada por causa da altura do microfone. Nos emocionamos com os video clipes, aaa-do-ra-mos a Lily Tomlin e a Meryl Streep no diálogo em homenagem ao Robert Altman e simplesmente odiamos e nos irritamos com o discurso chato e chorongo da Reese Witherspoon com aquela vozzinha chata pra carvalho. E o Philip Seymour Hoffman, ah, o que posso dizer além de iaruuuu, iaruuuu, êêêeeee!!

5 thoughts on “o melhor do Oscar

  1. Vocês viram, Hustle and Flow? A música na versão do filme é muito mais legal. Eu achei merecido mesmo.
    E a Salma Hayek com um vestido que cortava o peito no meio, dolorido de ver. E a Jennifer Lopez explodindo a qualquer momento dentro daquele vestido? Não precisa. E a Jessica Alba e o Eric Bana e a Sharon Stone e mais uns vinte que estão MAGROS DEMAIS!!! As pessoas precisam parar com isso de ficar muito magro porque tem gente que fica com cara de doente.
    E a Geisha, filme pentelho e mediocre levar figurino, fotografia e arte? Péssimo. Revoltante.

  2. Ah, mas a cara de espanto e incredulidade do Jack Nicholson disse tudo. “Brokeback Mountain” – que era o favorito – teve seu prêmio ali.

  3. Discordo. “Crash” era o mais fraco dos 5 concorrentes. Se não era para premiar “Brokeback Mountain”, que tivessem dado o Oscar para “Boa noite e boa sorte” ou para “Munique”. Abração.

  4. Eu amo, eu amo, amo, adoro vocês dois e me sinto orguklhosíssima de ter voc~e e o Moa como amigos.
    Aquele comment que vc deixou foi lindo!
    Amor,
    Meg Lee
    E o CRASH lavou meu peito!

  5. Fer, eu vi tudo isso e concordo com seus comentários, mas eu perdi a Uma Thurman, só vi a foto dela num site de notícias e estava mesmo deslumbrante.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *