quero deletar esses filmes da minha data base

Ingenuidade a minha colocar um filme na lista do Netflix somente porque ele é um brasileiro dirigido pelo Walter Salles. Para conseguir assistir a O Primeiro Dia [Meia Noite], do Salles e da Daniela Thomas, tem que tomar uns três Prozacs antes. Se você for carioca, eu aconselho no mínimo uns cinco. Eles conseguiram transformar a “cidade maravilhosa” num lugar feio, sujo e deprimente, cheio de bandidos mal vestidos, descabelados e suados. E ainda colocam a Fernanda Torres semi-nua em quase todas as cenas – que algumas nem tem por que ela estar pelada, e num papel mais deprimente do que aquele que ela fez em Terra Estrangeira. Fiquei enjoada…
Depois, pra completar a lista de filmecos mais insuportáveis vistos neste ano, assisti uma tranqueira quase comparável aos filmes do M. Night Shyamalan. Nunca, mas nunca mesmo caia na besteira de ver The Forgotten. O roteirista e o diretor deveriam ser amarrados num tronco e chibateados até a morte, por nos fazerem passar pelo constrangimento de assistir à essa história tão absurdamente mal contada. Fiquei pensando o que fez o Gary Sinise entrar nessa fria, embora admita que a Julianne Moore foi a escolha perfeita para protagonizar o filme, já que ela é a mártir dolorosa favorita de Hollywood. Que outra atriz conseguiria passar quase noventa minutos repetindo ad nauseum “my son, Sam, Sam, my son, my son, Sam, Sam, my son, my son!”? E o troféu bacalhau de ouro vai pra………

2 thoughts on “quero deletar esses filmes da minha data base

  1. Heheheh, Fer, eu também eu também pensei que eu era só no mundo, the only!
    E Moa:
    Mas eu não vou com nada, nada do Waltinho, mesmo
    Sei, se, mas ele é arrumadinho demais e não estou falndo fisiccamene nem ricalmente hohoho
    beijos
    Meg

  2. Hahahaha!! Ai, Fer, só você pra fazer essas observações. Eu não vi esse filme do Walter Sales, mas adorei Terra Estrangeira.
    Quanto à Julianne Moore, realmente, só ela pra fazer isso. No “Magnolia” ela repete “Shut the fuck up!” umas centenas de vezes. Hehehehehe…
    Beijocas,

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *