*sou a Miranda desta casa

Fui com meus amigos ver The Devil Wears Prada. Eu estava esperando um final menos Frank Capra, mas não tinha outro jeito. Ela escreveu o livro, então estava mais do que óbvio que tinha cascado fora do mundinho fashion. Sinceramente, acho que não há mais glamour algum, nem quase idealismo nenhum na profissão de jornalista. A massa escreve pra plebe, por isso é que tablóides e revistas de fofoca são tão populares. Paramos numa esquina depois do filme e conversamos sobre carne de laboratório, crueldade com os animais, fome no mundo, a futura provável pandemia da gripe aviária [freak out total!], the Big One, An Inconvenient Truth, Al Gore, Nike na China, sweatshops, Banco do Brasil, Natura, jornalistas assassinando a gramática, advogados escrevendo em grego e até Michael Moore. Não pegamos realmente o espirito da coisa – The devil honey, wears Prada darling, why is it so hard to understand?*

One thought on “*sou a Miranda desta casa

  1. Nossa! Que post mais enigmático… Juro que nem eu entendi se você gostou do filme ou não. hahahaha! Acho que não, mas… sei lá, né?
    Ainda assim, isso é que é um post intrigante, pois eu tive que ler seu texto duas vezes. E agora o lerei novamente. ;^P
    Beijocas,

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *