Comprei uma caixa com seis filmes da Bette Davis achando que, pelos títulos, não tinha assistido a nenhum deles ainda. Quando comentei esse fato com o Moa, ele comentou de volta que eu provavelmente tinha sim assistido alguns e que até tinha escrito sobre eles aqui no Cinefilia. Eu comentei de volta que se tiver mesmo assistido, iria me lembrar logo na primeira cena quando rodasse os dvds. E dito e feito. Um não foi preciso nem rodar a bolacha, bastou olhar na capa, que figurava uma ilustração com a Bette abraçada com o Paul Henreid e o Claude Rains com cara de mal num canto. O filme era Deception, que eu já vi várias vezes e escrevi mesmo sobre ele e de como a Bette Davis got away with murder.
Mas o próximo filme que decidi ver era realmente inédito pra mim. In This Our Life de 1942 dirigido pelo John Huston. Uma obra prima do melodrama maniqueísta.

inthisourlife_1S.jpg

Bette Davis e Olivia de Havilland são duas irmãs com nomes masculinos—Stanley e Roy, filhas de um pai bonzinho e fracassado [Frank Craven], sobrinhas de um espertalhão bem-sucedido [Charles Coburn]. Stanley é vaidosa, fútil, invejosa, gananciosa, mentirosa, frívola, essencialmente uma vagaba da pior qualidade. Roy é boazinha. Quando o filme começa, Roy está pacientemente costurando [a mão] o vestido de noiva de Stanley, que vai se casar com Craig [George Brent]. Roy já é casada, com o médico bonitão Peter [Dennis Morgan]. Mas o que vemos logo no inicio é Stanley no seu carro beijando o cunhado. Em minutos testemunhamos o desenrolar do drama, Stantey foge com Peter, deixando todos na família chocados e a boazinha Roy extremamente triste.

inthisourlife_2S.jpg

Esse filme aparentemente foi o que Bette Davis mais detestou dentre todos os muitos filmes que fez na sua longa carreira. Segundo ela esse foi o filme mais horrível que ela fez. Mas ela está ótima nele, pois nos faz odiar a personagem ao ponto de quase sairmos gritando “die, Stanley, DIE” com ganas de estrangular aquela mulher monstruosa. Essa personagem é, na minha opinião, muito pior que a Mildred de Of Human Bondage. Essa faz coisas muito, muito mais escabrosas, como levar o marido que ela roubou da irmã ao suicídio e depois atropelar com seu carro e matar uma criança e botar a culpa num rapaz negro. E sua irmã Roy é exatamente o seu oposto, bom carater, sincera, honesta, leal, gentil, generosa. Claro que no interim Roy e Craig se apaixonam e Stanley tenta novamente roubar o homem da irmã.
Além de todo esse horror fraternal, o filme ainda sugere uma relação incestuosa entre Stanley e o tio crápula. Quando é desmascarada pelo ex-noivo na questão do atropelamento, Stanley corre para pedir ajuda do tio, que é um homem importante e influente. Aí Bette tem mais uma cena marcante, no estilo de The Little Foxes, quando Regina Giddens deixa o marido morrer. Aqui o tio conta que recebeu o diagnóstico de apenas 6 meses de vida e Stanley, desesperada, manda a vida do velho às favas! Damalhão fenomenal!

inthisourlife_3S.jpg

Em In This Our Life Bette também está com uma maquiagem que foi muito criticada pelo público, com uma boca e olhos exagerados, coisa que só piriguete fazia naquela época. Enquanto que Roy é super discreta, de cabelo preso, batom levinho e maneirismos timidos, Stanley usa vestidos de flores gigantes e dança, flerta com o tio velho, faz chantagens, é a epítome da futilidade e da inconsequência.
Para o alivio de nós espectadores torturados e a mentalidade moralista da época, a personagem ruim não se safa. Vence o bem, mesmo que o mal se mostre charmosamente e sedutoramente encarnado pela insuperável Bette Davis.

2 thoughts on “In This Our Life

  1. Fer, Moa, eu amo esse blog de voces 🙂
    E detesto voces por terem indicado esta caixa da Bette Davis que agora pre-ci-so ter e ja foi pra minha infinita wish list da Amazon.
    beijos pra voces dois

  2. AMEI! AMEI!!
    Quero ver esse que eu nunca vi, Fer!! Eu sabia dessa história toda, claro, mas lendo o seu texto fiquei com água na boca de vontade de ver esse filme!
    E mais legal ainda é você usando a palavra “piriguete”! HAHAHAHAHAHAHA!
    Nota DEZ!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *